jô soaresMorreu na madrugada desta sexta-feira, 5, o ator, escritor, humorista, diretor e apresentador de televisão Jô Soares, aos 84 anos. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, desde o fim do mês passado. A informação foi divulgada primeiramente pela sua ex-esposa Flávia Junqueira Pedras e confirmada posteriormente pela assessoria. A causa da morte ainda não foi divulgada. O velório e enterro de Jô serão reservados apenas à família e amigos. A data e o local ainda não foram informados.

“Viva você, meu Bitiko, Bolota, Miudeza, Bichinho, Porcaria, Gorducho. Você é orgulho pra todo mundo que compartilhou de alguma forma a vida com você. Agradeço aos senhores Tempo e Espaço, por terem me dado a sorte de deixar nossas vidas se cruzarem. Obrigada pelas risadas de dar asma, por nossas casas do meu jeito, pelas viagens aos lugares mais chiques e mais mequetrefes, pela quantidade de filmes, que você achava uma sorte eu não lembrar pra ver de novo, e pela quantidade indecente de sorvete que a gente tomou assistindo”, escreveu Flávia nas redes sociais.

A cantora Zélia Duncan e a também apresentadora Adriane Galisteu, amigas de Jô, lamentaram nas redes. “O Brasil perdeu hoje um artista único, um comediante que amava seu ofício acima de tudo, um ator fora de série. Um entrevistador brilhante. Um cidadão que amava seu país e seus amigos. Jô Soares, obrigada por tanto!”, escreveu Zélia. “Meu Deus o mundo sem você…. Meu amado amigo , diretor, conselheiro, vizinho que tristeza… você sempre foi cercado de amor e sempre será assim! Vou seguir te aplaudindo e através de suas obras aprendendo com vc! Obrigada por tantas risadas, tantas conversas por todos os ensinamentos”, lamentou Adriane.

José Eugênio Soares nasceu em 1º de janeiro de 1938, no Rio de Janeiro. Ele trabalhou nas emissoras Continental, TV Rio, Tupi, Excelsior, Record, SBT e Globo. Começou sua carreira como apresentador no SBT em 1988, com o programa “Jô Soares Onze e Meia”, que foi ao ar até 1999. Em 2000, Jô deu início ao seu trabalho mais longevo na TV, com o “Programa do Jô”, na Globo, encerrado em 2016.