WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

maio 2021
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: 10/maio/2021 . 17:54

DEZENAS DE COPOS DE POSSÍVEIS VÍTIMAS DA COVID-19 APARECEM AO LONGO DO RIO GANGES NA ÍNDIA

O rio Ganges tem sido cenário de milhares de cremações de vítimas da covid-19 na Índia

Pelo menos 40 cadáveres foram avistados ao longo do rio Ganges nos estados de Bihar e Uttar Pradesh, no norte do país

O rio Ganges tem sido cenário de milhares de cremações de vítimas da covid-19 na Índia

Dezenas de cadáveres que seriam de vítimas da covid-19 apareceram às margens do rio Ganges, no norte da Índia — informaram as autoridades nesta segunda-feira (10).

Ashok Kumar, um funcionário local, observou que cerca de 40 corpos foram encontrados no distrito de Buxar, perto da fronteira entre os estados de Bihar e Uttar Pradesh, dois dos mais pobres da Índia.

“Ordenou-se aos funcionários responsáveis que se desfizessem de todos os corpos, sejam eles enterrados, ou incinerados”, disse Kumar à AFP.

Algumas informações da imprensa local apontam para mais de 100 corpos.

Informes que citam outros funcionários mencionam que alguns estavam inchados e parcialmente queimados, o que significa que podem ter estado no rio por vários dias.

Situação dramática

Moradores da região disseram à AFP acreditar que os cadáveres tenham sido jogados no rio, porque os crematórios estão lotados, ou porque seus parentes não puderam pagar a madeira necessária para as piras funerárias.

“Para nós, isso é realmente chocante”, disse o morador Kameshwar Pandey, à AFP.

De acordo com estatísticas oficiais, cerca de 4.000 pessoas morrem todos os dias na Índia por causa do coronavírus. O número total de mortos seria de quase 250.000.

Com base nas evidências constatadas em crematórios, muitos especialistas acreditam, porém, que o verdadeiro número diário possa ser várias vezes maior.

ITAPETINGA: ABASTECIMENTO DE ÁGUA RESTABELECIDO. BOMBAS ESTÃO FUNCIONANDO NORMALMENTE.

Graças ao empenho da equipe técnica do SAAE de Itapetinga e ao esforço concentrado do Diretor da Autarquia, o engenheiro Airton Ferraz, as bombas de captação de água já estão funcionando com 100% de sua capacidade e a partir de agora o abastecimento começa a ser normalizado. Solicitamos ainda que os usuários continuem economizando no uso da água para que o mais breve possível o abastecimento esteja totalmente normalizado Mais uma vez agradecemos a atenção e compreensão de todos. FONTE: ASCOM/SAAE DE ITAPETINGA

ITAPETINGA: NOTA DA 8º CIPM SOBRE O DECRETO DO GOVERNO DO ESTADO

UM DOS FUNDADORES DO PCC, GELEIÃO MORRE DE COVID-19 EM SÃO PAULO

Um dos fundadores do PCC, Geleião morre de covid-19 na zona norte de São Paulo

José Márcio Felício, de 60 anos, estava internado no Centro Hospitalar do Sistema Penitenciário desde 9 de abril e não resistiu

Geleião, um dos fundadores do PCC (Primeiro Comando da Capital), morreu em decorrência de complicações da covid-19, por volta das 6h30 desta segunda-feira (10), na capital paulista. A informação foi confirmada pela SAP (Secretaria de Administração Penitenciária).

Desde 9 de abril, José Márcio Felício, de 60 anos, ex-integrante da alta cúpula da facção criminosa, estava internado para tratamento da doença no Centro Hospitalar do Sistema Penitenciário, na região do Carandiru, na zona norte de São Paulo.

Anteriormente, ele estava preso na Penitenciária de Iaras, no interior de São Paulo. Ele era o último fundador do PCC que ainda estava vivo.

A SAP informou, em nota, que “foi registrado boletim de ocorrência e os familiares do reeducando foram comunicados do óbito”.

Em 1993, Geleião e outros sete presos fundaram o grupo no anexo da Casa de Custódia de Taubaté, no interior de São Paulo. Atualmente o PCC é a maior facção criminosa do país que atua dentro e fora dos presídios, além de operar em países vizinhos como Paraguai, Colômbia e Venezuela.

TRISTE: PARA CHAMAR ATENÇÃO DO EX COMPANHEIRO MULHER COLOCA VENENO DE RATO NA COMIDA E COME COM A FILHA DE 06 ANOS

Uma mulher de 34 anos foi presa após colocar veneno de rato na comida e comer com a filha de 6 anos, em Ivinhema. Ela foi internada com a criança e, assim que teve alta médica, neste sábado (8), foi escoltada até a delegacia, onde confessou o crime e permaneceu presa.

Conforme a polícia, a suspeita alegou que não aceitava o fim do relacionamento com o antigo companheiro. Desde então, ela vinha fazendo ameaças, só que, na última quinta-feira (6), foi até uma empresa e comprou veneno de rato. Em seguida, colocou no suco e em um doce que comeu juntamente com a filha.

Durante a noite, por volta das 22h, ela se arrependeu e entrou em contato com o Corpo de Bombeiros. Ambas receberam atendimento médico e foram encaminhadas para um hospital de Dourados. Quando soube dos fatos, o pai da criança foi até a unidade hospitalar.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia