O jovem Bruno Silva, de 30 anos, morreu de Covid-19 em Assis (SP) no dia em que se casaria com a namorada Beatriz Miranda. O casamento dos dois estava marcado para o dia 17 de abril. De acordo com a noiva, todos na casa dela contraíram o coronavírus, mas apenas Bruno evoluiu para o estado grave da doença.

As informações são do G1Conforme Beatriz, Bruno começou a apresentar os sintomas da doença no dia 27 de março e buscou atendimento na UPA da cidade no dia 30, com falta de ar e dores no corpo.

No dia seguinte, o publicitário foi transferido para o Hospital Regional de Assis com 50% do pulmão comprometido pelo coronavírus.O noivo ficou internado por 10 dias, mas o quadro começou a se agravar e ele precisou ser transferido para a UTI, onde morreu no último dia 17.

Segundo Bruna, o casal tinha um relacionamento de 11 anos, que começou ainda na adolescência. Eles também tinham dois filhos: Nicolas, de sete anos, e Miguel, de quatro anos.“A festa estava toda pronta, vestido já tinha mandado fazer, festa paga, buffet, estávamos planejando havia um ano.

Alguns dias antes, cerca de 15 dias, chegamos em um acordo e decidimos adiar. Mas, como eu comecei a ter sintomas e tudo, aí a gente tirou o foco de conseguir uma nova data”, explicou Beatriz ao G1.Ainda conforme a família, mesmo internado, Bruno continuou mostrando o desejo de oficializar a união. Em conversas pelo celular, antes de ir para UTI o noivo falava que queria muito se casar. Após sua morte, uma enfermeira contou que ele não deixou que tirassem a sua aliança no hospital.