WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

abril 2021
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

:: abr/2021

ITAPETINGA: O CDI AGORA CONTA TAMBÉM COM REUMATOLOGISTA. DR. JOSÉ ALBERTO MASCARENHAS ATENDERÁ NO PRÓXIMO SÁBADO (08)

Procurando atender ainda melhor a população de Itapetinga e Região, O CDI vem ampliando a oferta de Especialidades Médicas e Procedimentos.

O CDI conta agora também com o Dr. José Alberto Mascarenhas (Reumatologista) um dos médicos mais renomado na área. Ele começa atender a partir do próximo sábado (08).

No CDI você e sua família podem contar com as seguintes especialidades médicas:

Dra. Adriana Souza da Fonseca ( Cirurgia Geral )
Dr. André figueira ( Neuro)
Dr. Artur Franca (Pneumologista)
Dr. Braulito ( Colonoscopia)
Dr. Nilton Andrade ( Cardioligsta/Ecocardiograma)
Dra. Edilene Gomes ( Fonoaudiologa)
DR. Fernando Flores (Ultrassonografia)
José Rogério Rodrigues (Cardiológista)
José Schetinni (Ortopedista)

Dra. Kaliane (Ginecologista)
DR, Luiz Aleixo (Anestesista)
Dr.  Luiz Eduardo Brandão (Ultra-som)
Dr. Marcelo Lima Pinto (Gastro)
Dr. Marcus Vinicius (Urologista)
Dra. Mariana Perazo ( Endocrinologista)
DR. Matheus Cunha (Ortopedista)
Dr. Ricardo Oliveira (Otorrino)
Dr. Roberto do Carmo (Dermatologista
Dra. Sara Silva (Fisioterapeuta)
Dr. Sérgio Antônio Sana (Pediatra)
Dra. Thayana Bertolotti (Nutricionista)

Dr. Thiago Novais ( Mastologista)

Os nossos procedimentos ofertado são:
Ecocardiograma, eletrocardiograma, mapa, holter, teste ergométrico, Rx, tomografia, polissonografia, biopedancia, laboratório, ultrassom, teste da orelhinha, teste da linguinha, densitometria óssea , endoscopia e colonoscopia.

Ligue e agende a sua consulta!!!!!

(77) 3262-3304 ou (77) 3263-3306

É o CDI ampliando a oferta de serviços de saúde, para cuidar ainda melhor de Você e da sua Família!

UNOPAR: AQUI É SEM ENROLAÇÃO…MUDE PARA UNOPAR E GANHE BOLSA COM ATÉ 70% DURANTE TODO O CURSO

ADOLESCENTE DE 14 ANOS ACHA ARMA DO PAI E ATIRA NA CABEÇA DO AMIGO SEM QUERER

Rua onde adolescente foi baleado acidentalmente

Adolescente de 14 anos encontrou o revólver calibre 38 do pai, que é caminhoneiro e tem permissão para ter a arma em casa

Um adolescente de 14 anos atirou acidentalmente na cabeça de um amigo, de 13 anos, após encontrar a arma do pai, em Curitiba, na última quarta-feira (29).

De acordo com as investigações iniciais, a arma está regularizada, em nome do pai do adolescente, que é caminhoneiro e tem a permissão para posse de arma de fogo.

Ainda conforme as apurações iniciais, a vítima havia ido na casa do amigo para brincar. Os dois encontraram a arma, um revólver calibre 38, e começaram a brincar com ela, até que aconteceu o disparo acidental.

Os pais do adolescente que atirou foram, imediatamente, até a casa da vítima comunicar os familiares, e o resgate foi acionado.

O jovem foi socorrido e levado de helicóptero para o Hospital do Trabalhador, onde está internado em estado grave.

O adolescente que atirou foi apreendido e conduzido para delegacia, onde permanece à disposição da Justiça.

BRASIL CHEGA A 400 MIL MORTOS POR COVID-19 COM 3.001 NAS ÚLTIMAS 24 HORAS

Mais de 100 mil mortes ocorreram apenas nos últimos 36 dias

Com o balanço desta quinta-feira (29), país contabiliza 401.186 mortes pela doença; mais de 13 milhões já se recuperaram

Ao registrar 3.001 mortes por covid-19 nesta quinta-feira (29), o Brasil ultrapassou a marca de 400 mil mortes causadas pela doença, de acordo com os dados enviados pelos estados ao Ministério da Saúde e ao Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde). O número de novos casos diagnosticados foi de 69.389.

Com o balanço de hoje, o país contabiliza 401.186 mortes e 14.590.678 pessoas que já foram diagnosticadas com a doença. São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul são os estados com o maior número de óbitos, respectivamente.

De acordo com o Ministério da Saúde, o número de recuperados supera a marca de 13 milhões.

Segundo o Conass, a taxa de letalidade do coronavírus no Brasil é de 2,7% e a taxa de mortalidade por cada 100 mil habitantes é de 190,9. A média móvel de óbitos nos últimos 7 dias é de 2.526 e a média móvel de novos casos é de 60.386.

O Vacinômetro do R7 mostra que mais de 31 milhões de pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 no país, o que corresponde a 14% da população, sendo que mais de 14 milhões já receberam a segunda dose e estão completamente imunizadas.

De acordo com a plataforma Our World In Data, ligada à Universidade de Oxford, o Brasil é 12º colocado no ranking mundial de vacinação no que diz respeito à quantidade de pessoas imunizadas com a primeira dose da vacina. Em relação ao número de doses administradas, o país ocupa o 5º lugar no ranking.

Acompanhe o Vacinômetro em tempo real:

BRASIL RECEBE AMANHÃ 1 MILHÃO DE DOSES DA PFIZER, PRIMEIRA REMESSA DO IMUNIZANTE

Brasil vai receber nesta quinta-feira (29) a primeira remessa de doses da vacina da Pfizer, que devem desembarcar no aeroporto internacional de Viracopos, em São Paulo. O contrato com o Governo Federal estabelece a entrega de 100 milhões de doses do imunizante. A informação foi repassada à imprensa pelo secretário executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, em coletiva nesta manhã.

Cruz ainda revelou que houve a antecipação da chegada de outros dois milhões de doses de vacina contra a Covid-19, estas provenientes do Covax Facility, consórcio de iniciativa vinculada à Organização Mundial de Saúde, que estavam previstas para junho e devem desembarcar no país no mês que vem. O montante se soma a outros dois milhões de doses que também foram antecipadas pelo consórcio.

Vale lembrar que a vacina da Pfizer também prevê aplicação em duas doses, com intervalo de 21 dias entre elas. Contudo, nem todas as cidades poderão receber os imunizantes do laboratório francês, uma vez que os antígenos devem ser armazenados em temperaturas baixíssimas. Assim, de acordo com informações do Ministério da Saúde na semana passada, apenas as capitais e o Distrito Federal devem receber as remessas. Nas centrais estaduais, os antígenos podem ser armazenados a -20°C por até 14 dias. Já nas centrais municipais, nas salas de vacina, as doses podem ficar por apenas 5 dias em uma temperatura entre 2°C e 8°C.

POLICIAL MILITAR SUPEITO DE PARTICIPAR DE HOMICÍDIO É PRESO EM SIMÕES FILHO

Um soldado da Polícia Militar foi preso na madrugada desta quarta-feira (28), suspeito de um homicídio em Simões Filho, na região metropolitana de Salvador. De acordo com a Polícia Civil, a ação foi resultado de uma operação deflagrada pelo Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), além de outras delegacias e da Corregedoria da PM.

O PM, que teve a prisão preventiva decretada pela 1ª Vara Crime da Comarca de Simões Filho, foi localizado no bairro Pitanguinha, também em Simões Filho. De acordo com a polícia, o soldado é suspeito de participar da morte de um homem identificado como Daniel Machado Braga. O crime ocorreu no dia 24 de março, no bairro Pitanguinha.

Com o policial, os agentes da Depom encontraram uma pistola, 33 munições, cápsulas de munições, três carregadores, um coldre e dois celulares.

Durante a operação, além do PM, um homem foi preso em flagrante com 13 munições de calibre 12, quatro rádios comunicadores e um tablet. À polícia, o homem confessou que recebia R$ 100 para guardar o material apreendido com ele.

A operação, denominada de Depom Forte, também cumpriu um mandado de busca e apreensão em Camaçari. O alvo não foi localizado, mas na casa dele a polícia apreendeu maconha e embalagens para acondicionar drogas. O homem é investigado por tráfico e homicídios, naquela região.

Policiais do Depom, das Delegacias Territoriais de Camaçari e Simões Filho, da Coordenação de Operações Especiais (COE) da Polícia Civil e da Corregedoria da PM participaram da operação.

ITAPETINGA: SECRETARIAS DE EDUCAÇÃO E SAÚDE SE REÚNEM PARA TRAÇAR PLANO DE VACINAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

Na manhã desta quarta-feira, 28, as secretarias de saúde e de educação se reuniram para elaborar o plano de vacinação dos profissionais de educação. O Ministério da Saúde incluiu esses profissionais como grupo prioritário da segunda etapa da campanha nacional de vacinação contra a COVID-19. Assim, após finalizada a imunização dos idosos acima de 60 anos, a prefeitura de Itapetinga começará a aplicar a primeira dose em pacientes com comorbidades e naqueles que trabalham com educação, iniciando com as redes públicas de ensino.

Os grupos serão escalonados por idade, de acordo com o quantitativo de imunizantes recebidos pelo município. “A gente tem recebido lotes com poucas doses, ainda insuficientes para a aplicação em todos os profissionais de educação. Por isso, estamos estudando as melhores estratégias para garantir a imunização desse grupo que agora é também prioritário e dar continuidade à segunda fase já estipulada no início da campanha”, afirmou Karen Almeida, Diretora de Vigilância à Saúde.

Segundo o secretário de Educação, Geraldo Trindade, só na rede municipal de ensino, mais de 600 profissionais precisarão ser imunizados.

Uma Comissão de Planejamento e Monitoramento do Plano de Vacinação contra a COVID-19 dos Profissionais da Educação Municipal será formada com representantes da Secretaria de Educação, Saúde, APLB e SINDITATIBA para traçar as estratégias e proporcionar transparência ao processo de imunização do grupo.

“Estamos nos organizando para buscar agilizar a imunização dos nossos profissionais para que, assim que possível, possamos retomar as aulas presenciais de forma segura para toda a comunidade escolar. Sabemos que ainda não há vacina para menores de 18 anos e que os nossos alunos ainda não poderão ser imunizados. Mas a educação não pode mais esperar e estamos finalizando os preparativos para garantir proteção e segurança sem que continuemos a interromper o futuro dos nossos jovens”, disse o secretário Geraldo Trindade.

COVID-19: BRASIL VACINA MAIS DE 1 MILHÃO E 700 MIL PESSOAS EM APENAS 24H E BATE RECORDE

Nesta sexta-feira (23), o Brasil registrou o recorde de doses aplicadas de vacina contra a covid-19 em um intervalo de 24 horas. No total, foram 1.744.001 doses distribuídas entre ontem e hoje no país. Os dados são do consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte, com base nas informações fornecidas pelas secretarias estaduais de saúde.

Os números podem ser explicados pelo represamento de dados ocorrido nos últimos dias em alguns estados. Houve instabilidade no registro de informações sobre a vacinação no sistema do Ministério da Saúde.

O país superou a marca de 28,7 milhões de pessoas vacinadas contra a covid-19. No total, 28.765.257 brasileiros receberam pelo menos uma dose de imunizante contra a doença, o que equivale a 13,58% da população nacional.

:: LEIA MAIS »

ITAPETINGA: SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL LEVA ATENÇÃO E CUIDADOS AOS MAIS VUNERÁVEIS

Segundo pesquisas recentes, mais da metade dos domicílios brasileiros conviveram com algum grau de insegurança alimentar no final do ano de 2020. O quadro fica ainda mais triste quando voltamos o olhar para a parcela mais vulnerável da população. A pandemia de Covid-19 evidenciou ainda mais a triste realidade que envolve a população em situação de rua.

“Existem diversos quadros de fome no Brasil. Precisamos compreender todos eles como uma violação de um direito garantido. É essencial realizarmos políticas públicas que ao menos mitiguem essa situação”, afirmou a secretária de Desenvolvimento Social, Andrea Caroline.

Pode ser uma imagem de 1 pessoa, em pé e ao ar livre

“São pessoas que não têm garantido um direito previsto da Constituição Federal que diz respeito à alimentação adequada, tanto num sentido quantitativo quanto qualitativo e elas não podem ser ignoradas. É preciso buscar estratégias que garantam que o fato de estarem nas ruas não as desumanize. O poder público precisa fazer com que essas pessoas tenham acesso à cidadania da melhor forma possível”, disse o prefeito Rodrigo Hagge.

FIOCRUZ APONTA QUE CRESCIMENTO DA COVID-19 SEGUE ENTRE OS MAIS JOVENS

Observatório da Fundação mostra aumento de mais de 1.000% de óbitos entre pessoas de 20 a 29 anos, no período de 4 a 17 de abril

O boletim do Observatório Fiocruz Covid-19, divulgado na tarde desta sexta-feira (23), mostrou que segue o rejuvenescimento da pandemia no Brasil.

Os dados foram calculados com bases nos registros de 4 a 17 de abril, da 14ª e 15ª semana epidemiológica de 2021. As comparações são feitas com a primeira semana do ano da epidemia. De acordo com o estudo, o maior crescimento de óbitos pela infecção do SARS-CoV-2 aconteceu na faixa etária de 20 a 29 anos, com aumento de 1.081,82%.

Na primeira semana do ano, aconteceram 127 mortes de pessoas entre os 20 e 29 anos. Na 15ª semana do ano, que foi dos dias 8 a 14 de abril, os óbitos em pessoas desta mesma faixa etária foram de 1.074 pessoas.

Já entre os novos casos da doença, as pessoas entre 40 e 49 anos foram as mais afetadas e o índice subiu 1.173,75%.

Além dessas evidências, quando é analisada as idades dos pacientes de unidades de Terapia Intensiva (UTI), fica claro que mudou a faixa etária dos doentes graves. Na semana epidemiológica um, a proporção de doentes com menos de 70 anos internados em UTI era 52,74%. Na 14 ª semana, 72,11% dos internados estavam abaixo dos 70 anos.

Números gerais

O documento registra um crescimento de novos infectados em todas as idades. O crescimento global de 642,80%. Algumas faixas etárias mantiveram crescimento superior ao global: 20 a 29 anos (745,67%), 30 a 39 anos (1.103,49%), 40 a 49 anos (1.173,75%), 50 a 59 anos (1.082,69%) e 60 a 69 anos (747,65%).

O aumento global do número de óbitos foi de 429,47%. As mesmas faixas etárias tiveram aumento diferenciado: 20 a 29 anos (1.081,82%), 30 a 39 anos (818,60%), 40 a 49 anos (933,33%), 50 a 59 anos (845,21%) e 60 a 69 anos (571,52%).

No período analisado, quase todos os Estados apresentaram estabilidade no número de novos casos e óbitos, com exceção de Roraima. Lá, foi verificada nova alta tanto nos dois índices.

As maiores taxas de incidência de covid-19 foram em Rondônia, Amapá, Tocantins, Ceará, Minas Gerais, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, e no Distrito Federal.

As taxas de mortalidade elevadas aconteceram nos estados de Rondônia, Espírito Santo, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Goiás e no Distrito Federal.

O Boletim alerta que as regiões Sul e Centro-Oeste são classificadas como críticas para as próximas semanas, o que pode ser agravado pela saturação do sistema de saúde nesses estados.

Sobre a mortalidade, o Rio de Janeiro tem o pior índice do Brasil, com 8,3%, seguido de Paraná (6,2%), Distrito Federal (5,3%), Goiás (5,2%) e São Paulo (5,1%).

Segundo os pesquisadores, alta letalidade revela grave falhas no sistema de atenção e vigilância em saúde nesses estados, como a insuficiência de testes diagnóstico, identificação de grupos vulneráveis e encaminhamento de doentes graves.

MENOS MORTES

Por outro lado, entre janeiro e fevereiro, a vacinação da população ajudou a diminuir os óbitos em pessoas que receberam os imunizantes. Houve uma queda de 34% nas mortes por covid-19 entre as pessoas com 90 anos ou mais na rede pública da cidade do Rio. Na cidade de São Paulo, as mortes entre 85 e 89 anos despencaram 51% em fevereiro, com relação a janeiro.

ITAPETINGA: DEPUTADO PAULO CÂMARA FAZ ENTREGA DE TRATOR AO MUNICÍPIO

Itapetinga recebeu na manhã desta quinta-feira, 22, um novo trator. Adquirido através de emenda parlamentar do deputado estadual Paulo Câmara, o equipamento irá auxiliar nos trabalhos de infraestrutura e manutenção do município, além de ficar à disposição para atender às necessidades dos pequenos produtores, fomentando a agricultura familiar, auxiliando na geração de renda e na cultura de produtos orgânicos.

Ao fazer a entrega oficial do trator, o deputado falou sobre a importância de um trabalho conjunto para o desenvolvimento da região. “Essa é a obrigação do homem público: estar presente, ajudando a população. O prefeito Rodrigo tem feito muito, mas precisa de apoio para seguir fazendo ainda mais pelo seu povo”, disse Câmara.

“O trator conta com um implemento de roçagem que irá amenizar os problemas às margens das rodovias e praças públicas, além de trazer mais facilidade em nossas obras de terraplanagem em geral”, explicou o secretário de infraestrutura, Gustavo David.Pode ser uma imagem de ao ar livre

“A gente segue buscando trabalhar com o único propósito de trazer benefícios ao nosso povo, nos despindo de orgulho ou de qualquer limitação partidária, construindo alianças capazes de trazer desenvolvimento para o município. Assim, a gente consegue avançar, mesmo em tempos difíceis de pandemia”, disse o prefeito Rodrigo Hagge.

LAUDO APONTA QUE HENRY MORREU APÓS FORTE PANCADA NO FÍGADO

Documento do IML obtido com exclusividade pela Record TV revela perguntas feitas a peritos durante autópsia do menino

REPRODUÇÃO/ RECORD TV

Record TV obteve acesso exclusivo ao laudo complementar do IML (Instituto Médico Legal) sobre a morte de Henry Borel, de 4 anos, no dia 8 de março.

O documento de autópsia revela perguntas feitas aos peritos, que concluíram que o menino morreu em decorrência de uma pancada forte no fígado, que provocaram uma hemorragia, levando a óbito em poucos minutos.

Um laudo preliminar já havia apontado lesões em 23 pontos do corpo.

Pergunta: “Há sinais de asfixia, engasgamento ou lesões na boca ou vias aéreas?”

Resposta: Existe uma pequena ferida no lábio, que pode ter sido causada durante uma possível tentativa de intubação no hospital. Não identifiquei sinais de esganadura no pescoço e não identifiquei sinais de engasgamento nas vias aéreas superiores.

“Há sinais de maus tratos, crônicos ou não ?”

Resposta: Não

“Apesar da causa da morte ser atribuída à laceração hepática, as demais lesões descritas em pulmões e rins, além de hemorragia retroperitonial e para aórtica, podem ter causado perda volêmica que contribuiu com o resultado final? Em caso positivo, podemos dizer que a causa da morte inclui outras lesões intracavitárias?”

Lesão no fígado provocou morte de Henry Borel, segundo laudo

REPRODUÇÃO/RECORD TV

Resposta: Não, a causa da morte foi a hemorragia interna por lesão hepática ainda que existam outras lesões intracavitárias que guardem nexo causal com o evento que gerou o óbito.

“Informe o Perito, se a presença de infiltrações hemorrágicas em couro cabeludo em três regiões distintas (parietal direita, occipital e frontal) poderia ter sido causada por um único trauma ou ainda por uma única ação. Seria possível uma queda de altura, causar três lesões distintas, como citado?”

Resposta: Tais lesões correspondem a três ações contundentes distintas.

“É possível que um acidente doméstico correspondente a uma queda livre provoque as lesões documentadas?”

Resposta: A quantidade de lesões externas e internas observadas em diferentes regiões do corpo não pode ser proveniente de uma queda livre ocorrida no interior de um apartamento.

Informe o Perito, se a presença de infiltrações hemorrágicas em couro cabeludo em três regiões distintas (parietal direita, occipital e frontal) poderia ter sido causada por um único trauma ou ainda por uma única ação. Seria possível uma queda de altura, causar três lesões distintas, como citado?”

Resposta: Tais lesões correspondem a três ações contundentes distintas.

É possível que um acidente doméstico correspondente a uma queda livre provoque as lesões documentadas?”

Resposta: A quantidade de lesões externas e internas observadas em diferentes regiões do corpo não pode ser proveniente de uma queda livre ocorrida no interior de um apartamento.

ANTONIO BRITO SE REÚNE COM DELEGADA-CHEFE DA POLÍCIA CIVIL PARA TRATAR DE INVESTIMENTOS NA SEGURANÇA PÚBLICA EM ITAPETINGA

O deputado federal Antonio Brito se reuniu hoje com a delegada-Chefe da Polícia Civil da Bahia, Heloísa Brito, e a coordenadora-geral do Escritório de Projetos, delegada Ilma Leonor Magarão Paiva Keysselt, para debater investimentos para fortalecer os projetos institucionais da corporação, inclusive que contemplam a 21ª Coorpin, de Itapetinga.

No encontro também foi tratado das emendas parlamentares que Antonio Brito já destinou para a Polícia Civil, que foram utilizadas para a compra de viaturas e equipamentos à 9ª Coorpin de Jequié; além dos recursos que agora serão viabilizados para a segurança pública de Itapetinga e região.

ITAPETINGA: SAAE EMITE NOTA DE PESAR PELO FALECIMENTO DE YASMIM FILHA DO COLABORADOR AGNALDO SANTOS

A Direção do SAAE de Itapetinga e todos os seus servidores manifestam o mais profundo sentimento de pesar pelo falecimento de Yasmim Santos Souza, de apenas 11 anos de idade, filha o servidor do SAAE Agnaldo Jesus Santos (Guina) e de Rosana Lima Souza, funcionária da Vulcabrás Asaléia.

Yasmim estava internada no Hospital Manoel Novaes em Itabuna, lutando contra a meningite quando veio a óbito na tarde de hoje.

O corpo de Yasmin será velado no Cerimonial da Pax Perfeição e será sepultado na manhã desta sexta-feira, 23/04, às 10:00h, no Cemitério Parque da Eternidade.

Que o nosso bom Deus conforte o coração dos familiares e dê força neste momento tão difícil pelo qual estão passando.

Resta-nos a alegria de saber que o bom Deus a recebe de braços abertos em sua Glória.

LIMPAR SUPERFÍCIES DE TODA HORA É ‘TEATRO DA HIGIENE’ E NÃO COMBATE COVID-19

Afirmação é dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, que alertou ainda para o aumento das intoxicações por produto de limpeza.

O risco de transmissão de Covid-19 por superfícies é baixo, é o que avaliam os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), autoridade de saúde dos EUA, na segunda-feira. Muito mais importante é a transmissão aérea, e as pessoas que desinfetam as superfícies obsessivamente podem estar fazendo mais mal do que bem.

“O CDC determinou que o risco de transmissão por superfície é baixo e secundário às rotas primárias de transmissão do vírus, que são gotículas e aerossóis”, disse Vincent Hill, chefe da Divisão de Prevenção de Doenças Transmitidas pela Água em uma teleconferência dos CDC.

Hill disse que o risco de transmissão ao tocar em uma superfície aumenta em ambientes fechados. Ao ar livre, o sol e outros fatores podem destruir os vírus, disse o especialista.

O vírus morre “rapidamente” em superfícies porosas, mas pode persistir por mais tempo em superfícies internas duras.

A pesquisa também sugeriu que a transmissão por superfície era mais provável nas primeiras 24 horas após uma pessoa ser infectada, e que o domicílio de uma pessoa com Covid-19 apresenta taxas de transmissão mais baixas quando suas superfícies são desinfetadas.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia