A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) emitiu um comunicado nesta segunda-feira (22), desaconselhando o uso de ivermectina no tratamento e na prevenção de covid-19.

Ela concluiu que os dados que estão à disposição não confirmam a necessidade de utilização do medicamento contra o coronavírus. A ivermectina é indicada para tratar infestações de parasitas como piolho e sarna.

No Brasil, um grupo de médicos que defende o tratamento precoce contra a covid-19, inclui o uso do medicamento contra a covid.

Assim como a cloroquina, ele não tem eficácia científica comprovada, e ambos são defendidos pelo presidente Jair Bolsonaro. A Agência reforça que o uso indiscriminado de ivermectina pode levar a efeitos colaterais indesejados.