Após ser diagnosticado com Covid 19 no último dia 7, o prefeito Herzem Gusmão, 72 anos, seguiu em tratamento domiciliar nos primeiros dias da doença, respondendo bem ao tratamento. No dia 18, foi indicada a necessidade de internação em unidade hospitalar.

Devido à presença de doenças pulmonares preexistentes, o prefeito evoluiu com complicações decorrentes da doença. Gusmão seguiu, no início da noite do último sábado (26), em transporte aéreo para o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde dará início ao tratamento de reabilitação pulmonar. Ele está usando suporte para oxigênio. Reeleito, já existe a possibilidade de Gusmão não ser empossado dia 1º janeiro.

AF