Não há dúvidas de que a pandemia vai trazer perdas inumeráveis nas mais diversas áreas. Pensando em diminuir os prejuízos causados na educação, a Prefeitura de Itapetinga vem se articulando desde março para manter vínculos e fornecer aos alunos o maior apoio possível durante todo este período.

Ao iniciar o segundo semestre letivo, a secretaria de educação traz, agora, mais estrutura e planejamento para as próximas ações. Na agenda dos profissionais já estão reuniões semanais de planejamento, redistribuição de aulas e formação online para professores, através da plataforma da Editora Moderna.

Percebendo a dificuldade de acesso à internet encontrada por alguns alunos, algumas escolas municipais estão imprimindo as atividades e disponibilizando para que pais ou responsáveis as retirem nas próprias unidades escolares.

Além disso, na Escola Palmeirinha, primeira escola rural de tempo integral do Sudoeste, os alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental Anos Iniciais estão recebendo kits com caderno, tinta, massa de modelar, lápis de cor e cola para que as crianças possam desenvolver as atividades propostas.

“Todo esse trabalho busca, além de cumprir minimamente uma grade curricular, manter o vínculo entre aluno e escola. A gente sabe da importância dessas ações para a diminuição da evasão escolar, para manter uma rotina positiva de estudos e, principalmente, para não deixar os jovens tanto tempo afastados da escola”, explicou Ieda Xavier, Secretária de Educação.