Figura controversa dos meandros políticos, o prefeito de Canavieiras não se faz de rogado e adotou o estilo desagregador. Mal articulado, influenciável pelas eminências nada pardas de seu governo e totalmente contraditório o Dr. Almeida é um furacão confuso e cada dia mais sem força.
A truculência e falta de compromisso que tratou e trata os aliados acabaram deixando o gestor num isolamento político.
Até o momento a marca registrada da administração do médico é o rompimento provocado pela ausência de compromisso do gestor com seus aliados. Todos os grupos da cidade que compuseram a frente responsável pela eleição do prefeito já desembarcaram da nau a deriva que ele transformou a própria gestão.
Intrigas, fofocas, perseguições, conspirações e traições norteiam as ações de um governo sem rumo. O prefeito escolheu o caminho do atrito e ofensa para gerir seu quadrante, faz de suas lives oficiais um festival dos horrores: ataques, ameaças e intimidações são os ingredientes de cada vídeo publicado nas redes sociais. Os pronunciamentos são sempre em tom de agressividade que misturado a uma dicção sofrível tornam-se inaudíveis a quem tem bom ouvido. Como se não bastasse tudo isso, usou de microfone em praça pública para atacar os conselheiros do TCM que rejeitaram suas contas em primeira instância.
Assim nesse mar turbulento, Almeida caminha a passos largos para terminar seu mandato num ostracismo sem precedentes.